A maioria dos LGBT simplesmente deseja a mesma liberdade de expressão do seu amor aos seu/sua namorada(a), parceiro(a), esposo(a) que os heterossexuais têm, por exemplo, andar de mãos dadas, fazer um carinho ao parceiro(a) ou beijar em público. Não se trata de nenhum demonstração política ou de pretender ser o centro das atenções, eles/elas querem somente ser elas/eles mesmo(a)s.


Saiba mais em  pdf
(235 KB)

Mitos-e-Factos(click na imagem para fazer download)